o percurso

NOVEMBRO 2017

Tudo começou com o Fundo Ambiental e de Investigação Lousada Sustentável 2017, ganho por João Gonçalo Soutinho.
 

Este fundo visa incentivar a cultura científica e a participação das crianças e jovens nas questões da sustentabilidade, proporcionando oportunidades de desenvolvimento de projetos que tragam benefícios ambientais e sociais para o município.

JANEIRO 2018

Início do projeto. Após uma tentativa de dinamização de uma campanha de ciência cidadã onde os cidadãos de Lousada identificariam os seus gigantes e da qual não surgiram os resultados esperados, começamos com uma identificação exaustiva das árvores de grande porte de Lousada, percorrendo a pé todas as freguesias e ruas do concelho.

JUNHO 2018

Com mais de 7000 árvores identificadas, começa o processo de caracterização de cada exemplar do concelho por forma a recolher informação sobre a importância de cada árvore. Os trabalhos contaram com o apoio de mais de 30 voluntários de todo o país que se deslocaram até Lousada para ajudar este projeto numa campanha de voluntariado científico.

A informação recolhida seria utilizada para compreender melhor:

  1. Os fatores que influenciam a capacidade de cada árvore suportar outros seres vivos.

  2. A quantidade de serviços que são prestados por cada árvore

  3. O valor de cada um destes serviços

A informação coletada seria utilizada para a dissertação de mestrado em Ecologia e Gestão Ambiental da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa por João Gonçalo Soutinho, coordenador do Projeto Gigantes Verdes.

NOVEMBRO 2019

Artigo na 3ª Edição da revista LUCANUS com os primeiros resultados científicos do projeto. Acesso ao artigo aqui.

DEZEMBRO 2019

Defesa de dissertação de mestrado por João Gonçalo Soutinho. Intitulada de "How important are big trees for biodiversity: a call to the local community of Lousada". Poderá ter acesso ao documento aqui

Um resumo deste trabalho poderá ser consultado aqui.

JANEIRO 2020

Continuação dos trabalhos de caracterização das árvores de grande porte previamente identificadas e início do desenvolvimento de mecanismos de salvaguarda das árvores de grande porte de Lousada.

MAIO 2020

Entrada de novo colaborador no projeto - João Rafael Brites. Economista dedicado a ações de Economia regenerativa e que entra no projeto para ajudar a encontrar soluções para os mecanismos de salvaguarda de árvores que pretendemos implementar.

AGOSTO 2020

Discussão pública do Regulamento Municipal de Gestão de Arvoredo e dos Espaços Naturais de Lousada

Este é um instrumento que permite proteger exemplares e locais de interesse municipal mas também regular as ações lesivas contra árvores de grande porte. 

OUTUBRO 2020

Primeira reunião formal do Conselho Consultivo dos Gigantes Verdes. Um conjunto de cidadãos representantes de diversas organizações nacionais com interesse na salvaguarda de árvores de grande porte que se juntaram para discutir novas oportunidades para preservar os nossos gigantes verdes, numa iniciativa pioneira em Portugal. 

O conselho consultivo compreende desde proprietários a arboricultores, a responsáveis pela criação da Primeira Lei de Pagamentos de Ecossistema em Portugal, a empresas e organizações que trabalham diariamente para combater as alterações climáticas, que trabalham no empreendedorismo social e no investimento de impacto.

Durante este mês foi também feito o primeiro teste da futura Rota dos Gigantes Verdes, que unirá 65 árvores de grande porte por uma rota de visitação disponível para todos.

NOVEMBRO 2020

Início do Projeto "Viveiro de Gigantes" onde alunos do 2º ciclo da Escola Básica Lousada Centro semearam e cuidaram de sementes dos gigantes por forma a criar uma nova geração de árvores que perpetuem a genética de árvores que chegaram a dimensões fora do normal.

DEZEMBRO 2020

Um mês para celebrar da melhor forma as árvores, através de:

  • Publicação de artigo na Revista National Geographic Portugal, intitulado "Golias das Florestas" com mapa suplemento dedicado ao papel das árvores de grande porte no suporte da biodiversidade e na Estratégia Municipal de Conservação de Natureza

  • Publicação do Regulamento Municipal de Gestão de Arvoredo e Espaços Naturais

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now